Aneurisma, existe prevenção?

A idade é fator importante para o desenvolvimento de aneurismas, tanto em homens como em mulheres. O colesterol elevado, a pressão alta, o tabagismo e doenças pulmonares também são fatores associados.



A doença aneurismática da aorta não tem uma alteração genética específica, no entanto, a história familiar é muitas vezes fortemente positiva. Portanto, indicamos a nossos pacientes que tenham um parente de primeiro grau com história de aneurisma, que realizem a pesquisa com ultra-som de abdômen a partir dos 45 anos.
Algumas doenças genéticas como Síndrome de Marfan estão fortemente relacionadas aos aneurismas, e necessitam uma atenção especial.


O que é aneurisma?

Aneurismas arteriais são caracterizados pela dilatação ou expansão de uma artéria, devido ao enfraquecimento da parede dessa artéria. O local mais comum de aneurisma aórtico é na aorta abdominal, no entanto pode ocorrer dilatação na aorta torácica e nas artérias ilíacas. A aorta é a principal artéria responsável por levar sangue aos órgãos do corpo como os rins, o intestino e os membros inferiores. A dilatação do Aneurisma é progressiva, e quando o diâmetro passa de 4,5 - 5 cm o risco de ruptura torna-se muito significativo.


Todas as artérias do corpo podem desenvolver aneurisma.

Quando um aneurisma de aorta se rompe, isso leva a extravasamento de sangue no abdômen e hemorragia grave. Na maioria das vezes impossibilita o tratamento antes da chegada à um hospital.
O Aneurisma roto é fatal em cerca de 90% dos casos.
O tratamento do aneurisma deve ser precoce para evitar a ruptura.










É importante sempre consultar o seu médico para o melhor esclarecimento das dúvidas em relação ao melhor tratamento para as doenças vasculares.


Clínica Endovascular SP
Avenida Pacaembú 1882, CEP: 01234-000
São Paulo/SP -Tel: (11) 98161.4443




Clínicas
| Médicos | Especialidades | Tratamentos | Doenças vasculares | Fale com

https://www.facebook.com/EndovascularSP
by Convert mkt