Artigos

7 Erros que podem piorar a doença vascular

Problemas nas vias do sistema circulatório podem ter origem genética, mas há vários erros que as pessoas cometem para criar ou piorar o problema.

 

A doença vascular é qualquer condição que afeta negativamente as vias do sistema circulatório, que são as veias, as artérias ou o sistema linfático. Elas são responsáveis por toda a circulação sanguínea e de outros fluídos pelo corpo, que nutrem as nossas células e órgãos. Podemos comparar a algum tipo de “impedimento” em uma rodovia de grande fluxo, que dificulta o tráfego, causando congestionamento, paralisação e até uma “crise de abastecimento”.

Uma das causas de doença vascular é a herança genética. Por isso, o histórico familiar ajuda a identificar precocemente e até a prevenir a enfermidade. Mas assim como no trânsito, as atitudes e escolhas que fazemos (ou deixamos de fazer!) podem agravar ou mesmo se tornar um fator causador da doença. Se você não quer ter essa culpa, confira a seguir os 7 erros que você deve evitar ou parar de cometer agora.

Primeiro erro – fumar

Fumar

Não fume! A frase pode até parecer clichê, mas se todo médico fala, acredite, tem uma razão para isso.

No caso da doença vascular, o cigarro contribui de várias maneiras. Ele pode, por exemplo, inflamar e gerar lesões nas artérias (aterosclerose), o que pode causar ataques cardíacos, derrames e tromboses. O tabagismo é o principal culpado pelo temido aneurisma de aorta. A aorta é a principal e maior artéria do corpo e fica na região abdominal.

O aneurisma nada mais é do que uma dilatação da artéria causada por um enfraquecimento das suas paredes. Se o aneurisma romper, o que é uma condição gravíssima, leva a uma hemorragia de grande volume dentro do abdômen, sendo fatal na maioria das vezes. A Trombose Venosa Profunda (TVP), que é causada por um coágulo sanguíneo dentro de uma veia prejudicando a passagem do sangue, também está associada ao vício do cigarro. Se um pedaço do coágulo se soltar, ele pode se locomover até o coração, pulmões ou cérebro, causando problemas fatais, como a embolia pulmonar. Nesse mesmo contexto, o cigarro está, ainda, entre os motivadores de Acidente Vascular Cerebral (AVC) - uma condição potencialmente fatal que ocorre quando o fluxo sanguíneo de uma artéria que irriga o cérebro é bloqueado. Assim como no infarto, que ocorre quando a obstrução do sangue acontece em uma artéria responsável por levar sangue ao coração.

Segundo erro – alimentar-se mal

Fastfood

"Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja o seu remédio".

A frase creditada ao médico grego Hipócrates, conhecido como o pai da medicina ocidental, mostra que desde a antiguidade já é sabido que determinados alimentos são vilões de uma boa saúde, da mesma forma que outros são grandes aliados. Mesmo assim, os alimentos prejudiciais continuam sendo consumidos em grande quantidade.

Altos índices de sódio, gorduras saturadas e açúcar são as principais características de uma refeição perigosa. Portanto, evite refrigerantes, bebidas alcoólicas e comidas processadas. Ou pelo menos, como recomenda a American Heart Association (AHA), escolha alimentos minimamente processados, em vez de alimentos ultra processados. Com o título “2021 Orientação dietética para melhorar a saúde cardiovascular: uma declaração científica da American Heart Association”, o artigo dá outras dicas: Insira na sua alimentação uma grande variedade de frutas, legumes e vegetais; Escolha alimentos integrais em vez de grãos refinados (farinha branca); Escolha fontes saudáveis ​​de proteína, principalmente, proteínas de plantas, como leguminosas e nozes; Use óleos vegetais líquidos, em vez de óleos tropicais (coco, palma e caroço de palma), e gorduras animais (manteiga e banha). Somente parcialmente, consuma as gorduras hidrogenadas.

Erro 3: ser sedentário

Sedentarismo

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos e divulgada em agosto deste ano mostra que o Brasil é o segundo País mais sedentário, atrás apenas do Japão.

Pelos dados do IBGE, 40,3% dos adultos estão no sedentarismo. Mas não é necessária uma pesquisa para saber que a preguiça de sair do sofá ou emendar a academia depois do trabalho muitas vezes toma conta. No entanto, é preciso ser forte e movimentar-se! Incluir atividade físicas na rotina diária facilita o controle de problemas que também causam doenças vasculares, como pressão alta, obesidade, diabetes e colesterol alto, além de ajudar no tratamento de doenças já instaladas, como as varizes e a aterosclerose das artérias das pernas.

Erro 4: fugir das consultas médicas

hora da consulta

Por algum motivo, muitos pacientes abandonam os tratamentos e acompanhamentos médicos ou não fazem os exames de rotina.

Diabetes, pressão e colesterol altos são problemas recorrentes, que precisam de um acompanhamento profissional. Entre outras doenças que eles podem causar, estão as ligadas ao sistema vascular. Por isso, deixar de seguir o plano de tratamento é um grande erro.

Erro 5: subjugar o frio As baixas temperaturas podem causar a chamada vasoconstrição, ou seja, a diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos, limitando, assim, a quantidade de sangue que chega aos principais órgãos e extremidades do corpo. Em temperaturas muito baixas, proteja-se. E se for praticar exercícios no frio, certifique-se de aquecer as mãos e os pés.

Erro 6: automedicar-se

Remédios

A automedicação nunca é recomendada por diversos motivos.

No caso específico da doença vascular, um dos grandes problemas são as medicações que causam vasoconstrição, que é a redução do tamanho dos vasos, diminuindo a chegada de sangue nas extremidades. Em pacientes com doenças vasculares isso pode desencadear um problemão!

Erro 7: ignorar vasinhos e varizes

Varizes dores na perna

O diagnóstico precoce facilita o tratamento da maioria das patologias e não é diferente com a doença vascular.

Mas, infelizmente, muitas pessoas ignoram o surgimento de pequenos vasinhos nas pernas ou mesmo as varizes. Só um médico é capaz de avaliar a gravidade e o tratamento desses tipos de alteração nas veias. O mau funcionamento delas pode atrapalhar o bombeamento adequado do sangue para o corpo, acarretando trombose e outros tipos de problemas vasculares.

No final das contas, saúde não tem preço, mas os erros contra ela podem custar caro demais!

vascular, varizes

Cirurgia Vascular e Endovascular
Doutorado e Pós-doutorado USP
MBA - University of Pittsburgh / Katz
Pós-graduação em Liderança - Harvard Medical School

Atendimento

Além do atendimento particular, atendemos aos clientes de Planos de Saúde no formato Credenciado e também de Livre Escolha, que é uma nova forma fácil e prática para você ser atendido sem burocracia. Experimente!
Credenciado
Livre escolha: Fácil e Prático

Consulta Online

Consulta por video-chamada. Saiba como funciona:
Agende um horário pelo site, telefone ou whatsapp e efetue o pagamento da consulta
Na data e horário agendado você receberá o link da Saudevianet via e-mail ou Whatsapp
Ao final do atendimento você receberá via e-mail as prescrições, receitas e atestados
Consulta com direito a retorno online ou presencial no período de 30 dias

Localização

Av. República do Líbano, 314, Jd Paulista - SP

Ver mapa

Rua dona Adma Jafet, 74 - Cj. 64, Bela vista

Entre em contato

(11) 3168-0609 / 3078-1530 / 3078-4476

(11) 98161-4443

Concierge: (11) 91065-1958

Referência no tratamento de doenças vasculares de alta complexidade.

Os Tratamentos

© Grupo Endovascular - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Glogs - Agência Digital